Escolha uma Página
Coloproctologia – O que você gostaria de saber sobre esta especialidade médica

Coloproctologia – O que você gostaria de saber sobre esta especialidade médica

Coloproctologia – você sabe o que é?

A Coloproctologia ou proctologia é a especialidade médica que trata das doenças do intestino grosso (cólon), do reto e das doenças do ânus e do canal anal. Além de consultas, o coloproctologista ou proctologista realiza exames no consultório, colonoscopia e cirurgias.
A formação do coloproctologista consiste de, no mínimo, 2 anos de residência em cirurgia geral e, no mínimo, 2 anos de residência em coloproctologia.

O Coloproctologista trata da próstata?

Ao contrário do que muitos pensam, o coloproctologista ou proctologista não trata doenças da próstata, mas sim as doenças do ânus, do reto e do intestino grosso.

O Coloproctologista também opera?

Sim. A coloproctologia é uma especialidade cirúrgica. As cirurgias mais realizadas são para tratamento de fístulas anais, hemorroidas, câncer de reto e intestino. Porém existem outras doenças que são tratadas cirurgicamente pelo proctologista.

Quais doenças o coloproctologista trata?

O médico(a) coloproctologista é o especialista indicado para avaliar e tratar diversas doenças como:

Quais os exames o coloproctologista realiza?

O coloproctologista, no consultório, faz a avaliação do ânus e do reto por meio da inspeção da pele da margem anal, do toque retal, anuscopia, retossigmoidoscopia. Ao conjunto destes exames denominamos de exame proctológico. Já a colonoscopia pode ser realizada em clínicas e centros cirúrgicos. Alguns centros realizam ultrassonografia anal.

Quando procurar um coloproctologista?

Qualquer pessoa que apresente: sangramento anal ou sangramento nas fezes, mudanças do funcionamento do intestino (diarreia ou constipação intestinal), dor abdominal e dor anal deve procurar um proctologista para fazer uma investigação das causas destas alterações e realizar o tratamento adequado.

AGENDE SUA CONSULTA

Tel: (21) 2249-0293
Cel: (21) 96921-1515

Informações sobre o exame proctológico

Informações sobre o exame proctológico

O exame proctológico é o exame realizado pelo coloproctologista no consultório. Consiste dos seguintes passos:

  • Inspeção – avaliação do ânus e da margem anal
  • Toque retal
  • Anuscopia
  • Retossigmoidoscopia rígida

O que o coloproctologista avalia no toque retal?

O toque retal realizado pelo proctologista avalia se há alguma lesão no canal anal ou reto que seja palpável, se há sangue no reto ou canal anal e a força de contração do esfíncter anal (músculo do ânus).

Por que fazer anuscopia?

Ao fazer a anuscopia, exame que permite avaliar a parte interna do ânus (canal anal) o coloproctologista pode diagnosticar hemorroidas, papilas anais, fissuras, úlceras anais, verrugas anais, câncer do ânus, dentre outras alterações. É realizado com a introdução de um anuscópio no canal, que é um tubo incolor descartável ou de metal adequadamente lubrificado, geralmente de usa vaselina ou gel anestésico. Com o auxílio de uma iluminação direcionada ao local tem-se a adequada avaliação do canal anal. Em geral é um exame indolor, porém dependendo do caso pode ser mais desconfortável.

O que é retossigmoidoscopia rígida?

Sempre que possível o coloproctologista deve realizar a retossigmoidoscopia rígida. Em casos específicos que o paciente apresenta dor anal intensa, este exame é postergado para um segundo momento ou realizado sob anestesia. A retossigmoidoscopia rígida é o exame realizado para avaliação do reto. O aparelho utilizado é chamado de retossigmoidoscópio rígido. Como o anuscópio, pode ser de metal ou de plástico descartável que é acoplado a uma fonte de luz, permitindo a visualização das paredes no reto. Podem ser examinados até 25 cm do reto por este exame. Este exame também proporciona a coleta de material, realização de biopsias e a retirada de pequenos pólipos no reto.

Precisa de alguma limpeza do reto para o exame de retossigmoidoscopia?

Em geral, não há necessidade de preparo para a realização da retossigmoidoscopia pelo coloproctologista no consultório. Porém, nos casos de pacientes constipados, é importante que o reto seja esvaziado através de um enema de limpeza, que é realizado via retal. Naqueles pacientes em investigação de sangramento anal, o enema pode limpar os resquícios de sangue que podem estar no reto, mascarando o caso. Já no caso dos pacientes com diarreia, a presença de fezes líquidas na luz prejudica a avaliação adequada.

Para fazer a retossigmoidoscopia precisa de jejum ou tomar algum laxante?

O jejum não está indicado nem se deve tomar laxantes antes da realização da retossigmoidoscopia, pois a presença de fezes pastosas, amolecidas ou líquidas prejudica a avaliação adequada do reto pelo coloproctologista.

AGENDE SUA CONSULTA

Tel: (21) 2249-0293
Cel: (21) 96921-1515